O que é a APVE
Notícias
Iniciativas
Boletins de Informação
Documentação
Normalização
Questões Frequentes
Links
Contactos
 
   
     
     
       

    Bateria de iões de sódio poderá ser alternativa para bicicletas elétricas

    Embora as baterias de lítio-íon têm desempenho muito melhor do que alcalinas, elas também são relativamente caras, pois os sais de lítio usadas nelas não estão amplamente disponíveis, e elas às vezes pegam fogo. É por isso que alguns cientistas estão sugerindo baterias de iões de sódio como uma alternativa. Para esse efeito, Williams Advanced Engineering demonstrou recentemente que ela poderia ser utilizada para alimentar uma bicicleta elétrica.

     

    A e-Bibe foi desenvolvida pela British start-up Faradion, em parceria com a Williams e Oxford University. A sua bateria de íons de sódio, que foi feita por Williams, incorpora sais de sódio feita de sal comum. É constituída por quatro módulos de 12 células. O pacote foi feito bastante grande, a fim de reduzir os custos de fabricação, embora Williams afirma que uma versão comercial mais refinada seria semelhante em tamanho a um pacote de bateria de lítio-íon com a mesma capacidade.

    Williams gerente de comunicações da James Francis disse que a e-Bike tem "um bom desempenho sem problemas", embora os testes não foram amplo o suficiente para validar o produto.

     

    "Enquanto o lítio-íon ainda é a escolha dominante da química, ion de sódio é uma alternativa fascinante que poderia ter benefícios reais em termos de custo e disponibilidade", diz o diretor técnico da Williams, Paul Mcnamara. "Temos trabalhado em estreita colaboração com Faradion e a Universidade de Oxford para explorar o seu potencial e hoje foi apresentando uma aplicação real pela primeira vez no mundo."

     

    Fonte:  Verdesobrerodas